Vinícius de Moraes

 

           Nascido no Rio de Janeiro, a 19 de outubro de 1913, Vinícius de Moraes tornou-se símbolo de sua cidade, onde passou a infância e todo o tempo em viveu no Brasil, após sua intensa vida de diplomata no exterior, iniciada em 1943.

No Brasil, Vinícius dedicou-se à poesia e à música popular brasileira, constituindo uma figura memorável no cenário artístico nacional.

Tendo passado a vida conjugando opostos ( vale citar: “ sou um labirinto em busca de uma saída”), sua produção poética pode ser dividida em duas fases principais: a primeira é carregada de misticismo e profundamente cristã; a segunda, contrária à poesia transcendental, vai ao encontro do cotidiano e nela se ressalta o tema do amor. Nesta  fase encontramos as reflexões sociopolíticas do “Poetinha”, aqui representadas pelos poemas O Operário em Construção, A Rosa de Hiroshima e O Poeta e a Rosa ( com direito a passarinho) e outras que ainda queremos adicionar .

O Operário em Construção

A Rosa de Hiroshima