Preciso dizer que estou completamente horrorizado com esta loucura - o atentado terrorista contra o World Trade Center em New York.

Tenho muito para agradecer aos Deuses, que protegeram algumas pessoas muito importantes para mim - Ana dos Olhos Verdes passou por NYC algumas semanas atrás, e Elaine mora no Brooklyn e passa muito tempo em Manhattan, no exato local onde as torres estiveram. Mesmo assim, no exato momento em que estou escrevendo isto ainda não sei ao certo do destino de outros bons amigos e conhecidos que podem não ter sobrevivido a este ato covarde.

Se não sabia, entenda de um vez por todas que abomino todo e qualquer ato de terror. Não existe nada inferior a um ser capaz de planejar, executar ou mesmo festejar um ataque covarde a pessoas que não o estão atacando direta ou indiretamente. Pior ainda que saber que existem animais de duas pernas capazes de imaginar e executar atos tão hediondos é ver um povo inteiro aplaudindo o assassinato covarde. Até que ponto este povo - aqui incluindo criadores, executores e os que saíram às ruas em festejo - realmente pertence à raça humana? porque não erradicar estas criaturas do mapa, antes que eles tenham a oportunidade de agir de novo??

Juro a você que não tenho como condenar quaisquer atos de vingança. Se iria festejar a Bomba, como eles festejaram a atrocidade?? Não, isto jamais - isso nos tornaria iguais, não acha? Mas isto tem que acabar.

E não, não estou aqui defendendo os Estados Unidos da América - esse país como todos os outros tem feito coisas altamente condenáveis e tem seus próprios animais venenosos. Mas dizer que um horror justifica outros??

Entenda que não sou tão idealista assim - sei perfeitamente com que tranquilidade animais de duas pernas condenam alguns ou milhões à morte. Já encontrei alguns desses animais, e tive sorte e proteção divina suficientes para sobreviver (competência também, mas isso é outra história). E se tenho sido favorável à pena de morte para homicidas duplamente reincidentes é por não acreditar que este tipo de animal seja controlável - é um caso claro de legítima defesa. Mas o que fazer quando todo um povo comemora este tipo de horror?? Como poderemos nos defender?

Agradeço aos Deuses por protegerem Ana, Elaine, Janice, David, Madison. Mas este é um começo - muitos conhecidos e alguns bons amigos ainda não atenderam ao telefone ou responderam aos e-mails. E quantas dezenas de milhares não vão mais voltar? Quantas famílias e amigos de luto? Ainda não perdi a esperança de nunca mais enterrar um amigo, uma pessoa amada. Mas sei que jamais vou esquecer este horror, e por mais que tente não consigo perdoar a estes animais que o cometeram. Ou aos que o aplaudiram.

Só tenho a certeza de uma coisa: que como todo abraço, beijo ou gesto carinhoso um dia retorna, um dia este horror vai voltar a quem o soltou no mundo. A violência, da mesma forma que o amor, sempre volta a quem a pratica. Só não sei se faço questão de ainda estar por aqui. Porque um ser humano não pode dixar de se horrorizar e sofrer com atos como este. Aplaudir e festejar são a marca do não-humano - do animal.

Aos que não sabem viver em paz, um aviso... se precisam se enfrentar, que o façam a sós. Chega de envolver gente inocente nos problemas que vocês mesmos criaram e se recusam a resolver. Porque senão um dia destes o mundo realmente fica livre de vocês.

Como eu sei disto? Simples... porque até eu que abomino a covardia e a violência estou tão revoltado com este horror que entregaria a Bomba a vocês pessoalmente.

CHEGA!!!!

para Alma

Gestalt

© 2001 _Gestalt_