Luiz Felipe




Oi. Alguma curiosidade a meu respeito?

Bem, nasci (vamos falar apenas da presente encarnação, pra manter as coisas simples) em 1961 em Santa Maria de Belém do Grão Pará. Os de lá podem achar interessante o fato de eu ter sido aluno do Colégio Moderno e da UFPa. Fotógrafo desde os 15, trabalhando com essa arte desde os 17, ávido por Velocidade, Tiro e Mar. Moro em Fortaleza desde 1982, embora tenha viajado um bocado nesse intervalo.

Meus Pais? Adoro!!! E com alguns motivos especiais... O Francisco José trabalhou em dois empregos durante décadas para garantir o bem estar da família, e a Lúcia fez de tudo para compensar qualquer escassez de tempo resultante - tive um infância FELIZ, e portanto sem história. Foi meu pai quem me despertou o interêsse na Fotografia - ele é um fotógrafo de mão cheia, de fotoclube e experiências enquanto teve tempo livre. Minha primeira experiência fotográfica foi entre nove e dez anos, com uma Agfa Karat emprestada por ele. A minha mãe também teve sua culpa - pintora, estilista, modista...

O Mergulho eu devo a meu primo Luiz Fernando e a Mike Nelson... e mais recentemente a meu irmão Guilherme, pois estive impedido de me dedicar ao Mar como gostaria por muito tempo - a praia da minha juventude foi Salinas, a 200+ km de Belém. Mas neto de peixe (alô Luis Rodrigues, avô materno :-) vai ter que andar molhado, e acabei incapaz de morar longe do Mar por muito tempo. E mudei para Fortaleza, e finalmente consegui fazer as pazes com o Mergulho.

Mas foi preciso ir à Bahia (terra de Senhorinha, avó paterna) para descobrir (redescobrir???) o caiaque. Obrigado Ênio e Cíntia! E olha que não foi só o caiaque que descobri por lá. Minha avó gostou de saber que este neto ADORA SALVADOR. E obrigado a Márcia, Chicão & D. Maria, Teca, Miriam, Zé Carlos, Vinza, Têco, Ió, Candice, Vera (a fera ;-), Sheila, e minha querida Anisinha por me ajudarem a descobrir o paraíso terrestre. Talvez um dia eu mereça voltar...

Viajar é segunda natureza para Portugueses, tão à vontade em todo o mundo. E foi de ouvir as estórias da Carolina (avó materna) que quis conhecer as gentes e as terras e fui a Portugal. A Braga, com a família de lá, e daí afora, por Fátima, Nazaré e seus pescadores, Lisboa, Coimbra, o Jerez e tantas pessoas queridas de fala diferente :-) Obrigado Sissí & Cia, Tia Landa, Tio António, Luis, Jó, Fernando, Lí, os Seixas, Gentil & Cia (lamento tanto não ter podido responder ao cartão), Vasconcelos na Madeira, Oliveira e uma Pentax LX em Andorra, e as estradas fechadas pela neve, e Espanha e França em um mesmo dia voando baixo... a Europa inteira aguardando...

E já que estamos do outro lado do lago, vamos rodar!!! É de carro que se conhece uma região, mesmo com trens civilizados como os europeus... e carros diferentes dos de Brasil dos anos 80, tão fascinantes em presença quanto as imagens das revistas... Porsche, soberano!

E mais recentemente, EUA - terra da Disney... New York, tão familiar em Downtown, Flórida dos Brasileiros, as Keys e seus mergulhos, WDW e tanta magia que até doi lembrar. E de carro, do jeito certo, se perdendo nos primeiros dias até que o mês ensina as maneiras da terra. De carro, com o continente à disposição...

Viajar e organizar viagens torna-se uma segunda profissão - surge a Magic Fantasies para turismo Disney, e da amizade com o Mauro a OFFSHORE para aventuras marítimas. Afinal, um casamento - sociedade de dez anos chega ao fim, e com ele a Magic Fantasies - apenas a OFFSHORE sobrevive ao início de 99.

Tempo de refletir, de retomar as pequenas coisas do dia a dia e se absorver na Ilusão do Mundo. Mas também de continuar em frente - sempre insistindo, procurando o desconhecido. E ao final, passados dez ou um milhão de anos, retornar ao ponto de partida, vendo-o como se pela primeira vez.

Nada mais fácil que recomeçar. Principalmente se temos a sorte de encontrar pessoas especiais nesse mundo tão extenso. E com um pouco mais de sorte podemos até redescobrir sonhos como família e filhos, tanto escolhidos quanto presenteados. Naturalmente, viver com alguém é sempre mais difícil que falar a respeito - nem sempre dá certo... mas se não tentamos, nada dá certo, não é mesmo?

Mais turismo, agora com a Salinas Viagens e Turismo, mais canoagem, mergulho, fotografia - agora mais pelo prazer de viver, remar, mergulhar, fotografar, viajar, ler, escrever, conversar... e cada vez mais, Amar.

E esta é minha biografia - de um fotógrafo que adora viajar, e que trabalha organizando viagens (ou como guia turístico, com o maior prazer, e a preços promocionais se um grupo estiver indo na direção certa ;-), de um cara que gosta de contar estórias e ensinar o que sabe, e faz questão de aprender tudo que puder. Fotógrafo, Supervisor da Salinas Viagens e Turismo, ex supervisor e membro fundador da Magic Fantasies, mergulhador, canoista, roqueiro, jogador de RPG, mecânico medíocre, atirador, motorista, motoqueiro, Taoista...

Obrigado pela companhia. Se voce quiser trocar idéias, mande um e-mail e conversaremos.

Canoagem - | - Mergulho - | - Fotografia
Salinas Viagens e Turismo
Grupo OFFSHORE de Turismo





Luiz Felipe