Rock e MPB 1960 a 1980

Arnaldo Baptista instrumentista brilhante a figura do rock-Brasil. Durante 8 anos como mutante, entre 1966 e 1973 e depois em 1974 para lançar Loki sua obra prima, gravado ao vivo teclado, baixo e bateria um disco indispensavel. Arnaldo vive hoje isolado do mundo pintando e compondo em seu sitio.

Rita lee e seus três discos acomphada pela banda Tutti Frutti é o que a nossa rainha do rock tem de melhor. Atras do Porto tem uma Cidade (1974), Fruto Proibido (1975), Entradas e Bandeiras (1976). Mais informações sobre Rita Lee visite a pagina indicada.

Primeiro disco de Guilherme Arantes com a banda Moto Perpetuo um classico do rock nacional esquecido por muitos mais ainda apreciado por alguns. Mais informações sobre Guilherme Arantes visite a pagina indicada é uma reliquia de informação, meus agradecimentos.

Secos & Molhados com seu impacto visual e sonoro se tornou um dos maiores sucessos já registrados no Brasil. Dois discos classicos 1973 e 1974 como um meteoro se foi. Ney Matogrosso, João Ricardo e Gerson Conrad.

Arnaldo Baptista, Sergio Dias e Rita Lee, Os Mutantes que entre 1966 e 1974 revolucionaram a musica brasileira. Rock, sertanejo, clássico, progressivo Os Mutantes dividiram a musica brasileira e influenciam o mundo hoje.

Luiz Melodia o excluido da MPB brasileira assim eu julgo e um classico o seu primeiro disco Pérola Negra de 1973 simplesmente mais um disco basico para qualquer admirador de MPB.

Raimundo Fagner tambem fazia boas musicas e era um excelente interprete mais muito tempo passou desde Manera Fru Fru, Manera, simplesmente um excelente disco com o que há de melhor em sua carreira até hoje. Rock e Blues regional era o que Fagner fazia e como fazia bem.

Envie sua sugetão ou sua colaboração para a melhoria do site. Obrigado.

faraujo@roadnet.com.br


| voltar |